• 24 August 2017
  • mairamasiero

Na última sexta-feira (18), o Anfiteatro da Patologia recebeu Farmacêuticos e Técnicos de Farmácia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) para participar de uma reunião com a Superintendência do HCFMB, com o intuito de alinhar diretrizes e de realizar uma troca de ideias entre os servidores e a alta gestão, trazendo um diálogo mais aberto, maduro e produtivo para ambos os lados.

Para conduzir esta conversa, estiveram presentes o Superintendente do HCFMB, Dr. André Balbi, o responsável técnico do Núcleo de Farmácia, Adriano dos Santos, e a coordenadora do Núcleo, Dr.ª Daniela Ponce.


Núcleo de Farmácia se reúne com Superintendente
do HCFMB

Iniciando os trabalhos, Dr. André destacou a importância desta discussão, afirmando que a gestão compartilhada é a ideal e que o intuito da ação é fazer com que pessoas com boas ideias possam ser protagonistas, e valorizou o trabalho do Núcleo. “O trabalho da Farmácia é fundamental para o Hospital funcionar, tanto no aspecto assistencial quanto econômico. Acho que vocês têm um potencial de participação no Hospital muito grande. As mudanças que ocorreram neste ano foram muito efetivas para o setor. Dentro do meu conceito de gestão compartilhada, que fiz questão de seguir e divulgar, estou totalmente satisfeito com o trabalho da Farmácia e de tê-los aqui, pois foi o primeiro setor que me deu uma resposta positiva do que eu imaginava. Agradeço a dedicação de todos, principalmente das chefias, que vestiram a camisa, e conto com o empenho geral para continuarmos neste caminho, trabalhando de forma unida e coerente”.

Dr.ª Daniela ressaltou a sua afinidade com a parte de gestão desde o final da Graduação e afirmou que ter um espaço para compartilhar ideias, sugestões e sentimentos é essencial para a execução de melhorias. “Este é um momento único para nós: de nós ouvirmos o Superintendente, você ouvir a gente e nós nos ouvirmos. Grande parte da equipe está presente aqui, e isso nunca aconteceu previamente. É um momento de conhecermos as necessidades do HC e de expormos os nossos anseios. Após esta mudança de gestão, a Farmácia ganhou tarefas que não tinha e precisava melhorar em outras. Aumentaram as responsabilidades num período de restrição de recursos humanos e de contenção de verbas para compra de insumos. Porém, meu trabalho é tranqüilo, porque tenho comigo profissionais extremamente comprometidos e dedicados, que movem tudo e todos para que os medicamentos possam chegar a cada paciente. A adaptação da equipe às mudanças mostra o comprometimento de todos. Acredito que, no ano que vem, as coisas irão melhorar e coloco-me a disposição para ajudar no que for necessário e possível”.


Adriano dos Santos, Dr. Andre Balbi e Dr.ª Daniela Ponce
conduziram a reunião

Adriano também comentou sobre o intuito da reunião e falou sobre as mudanças realizadas na Farmácia. “Este trabalho que foi feito não é só de uma pessoa, é do grupo como um todo. Estas mudanças foram feitas num momento em que isso foi necessário e eu agradeço toda a participação da equipe, que colaborou nas dificuldades com disposição e colaborando com ideias. As mudanças estão à caminho de melhorar e de voltar ao crescimento. Queremos fortalecer a participação de cada um. Agradeço ao Dr. André pela confiança que foi dada não só a mim, mas a toda equipe”.

Após as falas iniciais, foi aberto o espaço para os servidores darem suas opiniões sobre a Administração e partilharem sobre o ambiente de trabalho e as sugestões para melhorias no setor.

Dr. André também afirmou que esta será a primeira de diversas reuniões pontuais que serão feitas em setores do Hospital, a fim de oferecer momentos de diálogo e de interação entre os servidores. “Estamos abertos a mudanças, desde que não sejam de interesse pessoal, mas sim coletivo. O mais importante é termos um interesse comum, que é o de atender aos pacientes que nos procuram de forma qualificada. Temos trabalhado muito e isso acabará sendo recompensado. O momento é difícil, mas somos reconfortados com o apoio que recebemos das pessoas com quem conversamos”.