• 9 August 2017
  • mairamasiero

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) 192 – Regional Botucatu, em parceria com a Prefeitura Municipal e a Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB), realizou, de 03 a 05 de agosto, o I Congresso de Urgência e Emergência de Botucatu e IV Simpósio do SAMU. Diversos espaços da cidade foram sedes de palestras, workshops, mesa-redonda, videoconferência internacional e apresentação de trabalhos científicos, com a participação de profissionais renomados e especializados nas questões de Urgência e Emergência.


Videoconferência internacional foi uma das
atividades do evento

Na noite de quinta-feira (03), houve a abertura oficial das atividades no Cine Teatro Nelli, com apresentações culturais e a palestra “Cenário das Urgências no Brasil”, ministrada pelo Secretário Municipal de Saúde de Bauru, Dr. José Eduardo Fogolin Passos. Estiveram presentes, neste ato, representantes do SAMU, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), da Secretaria Municipal de Saúde, da Fundação UNI e da FMB.

Representando o HCFMB na abertura, o Chefe de Gabinete Dr. José Carlos Trindade Filho parabenizou a todos pela iniciativa do evento, lembrou da importância do SAMU na rede de atenção pré-hospitalar e que os serviços de excelência prestados são reconhecidos por todos desde a população até as equipes de saúde dos Prontos Socorros Adultos, Pediátricos e o Referenciado. "Hoje temos muita satisfação com o atendimento de emergência prestada em nossa região, em que pacientes infartados, com acidente vascular cerebral ou politraumatizados tem sido tratados de forma rápida e eficiente dentro dos intervalos de tempo preconizados, com protocolos clínicos atualizados, diminuição das complicações, que resultam em diminuição das complicações e sequelas, além de pronto retorno dos pacientes aos seus afazeres do dia a dia. Muito deste sucesso é devido aos 'anjos' do SAMU, que estabilizam e encaminham os enfermos das ruas ou das residências, com a maior brevidade possível, em condições clínicas que permitem a continuidade do atendimento".

O HCFMB e a FMB receberam as atividades do Congresso nos dias 04 e 05 de agosto. Na sexta-feira, além do workshop sobre resgate em acidentes automobilísticos - conduzido pelo Corpo de Bombeiros de Botucatu no Espaço Cultural - a Central de Aulas da FMB recebeu, na parte da tarde, uma videoconferência internacional sobre Atendimento Pré Hospitalar (APH) Tático, com a participação da Dra. Juana Macías Seda, da Universidade de Sevilha / Espanha, e diversas apresentações de trabalhos científicos com foco nos processos de urgência e emergência.


Workshop sobre Emergências Pediátricas
foi realizado na noite de sexta (04)

Já na noite de sexta, o Anfiteatro da Patologia foi sede de um workshop sobre Emergências Pediátricas, ministrado pela Prof.ª Dr.ª Joelma Gonçalves Martins, pediatra-chefe do Pronto-Socorro de Pediatria do HC e docente do Departamento de Pediatria da FMB. A professora abordou conteúdos teóricos sobre as avaliações primária, secundária e terciária dos pacientes pediátricos, trouxe estudos de caso e atividades práticas sobre o assunto.

Para encerrar a programação, o Salão Nobre da FMB recebeu, durante o sábado, palestras sobre Transporte Aeromédico, pontos críticos do APH, inserção do recém-formado em APH, perspectivas futuras e dificuldades nas redes de urgência e emergência, além de uma mesa-redonda sobre dificuldades do APH em malha viária e uma demonstração sobre o aplicativo 192 Smart.

Nathallia Serodio Michelin, Enfermeira do SAMU – Regional Botucatu e integrante da Comissão Organizadora do evento, falou sobre as expectativas para este I Congresso e IV Simpósio desse Serviço. “A cada ano, vamos aumentando a programação, que está cada vez mais rica. Neste ano, houve uma novidade, que foi a realização dos workshops. Esperamos, com este evento, qualificar os profissionais da rede na urgência e emergência e trazer esta qualificação para o atendimento, em benefício dos pacientes”, afirma.


Aspectos do APH em malha viária foram
discutidos em mesa-redonda no sábado (05)

Já a Coordenadora Geral de Urgência e Emergência do SAMU 192 - Regional de Botucatu, Priscila M. Vieira de Almeida, afirmou que o evento se tornou uma tradição no Estado de São Paulo e que este sucesso foi obtido graças à ajuda de vários parceiros. “Não poderia de deixar de agradecer a todos que colaboraram para a realização deste evento: a toda a Fundação UNI, a Prefeitura Municipal de Botucatu e a Secretaria da Saúde, Comunicação e Cultura. Gostaria de agradecer também a Faculdade de Medicina e ao Hospital das Clinicas, em especial ao Departamento de Gestão de Atividades Acadêmicas (DGAA), que contribuíram de maneira brilhante com cada detalhe, além de todos os patrocinadores que, gentilmente, colaboraram com o nosso evento”.

Rosana Jimenes Pavanelli, diretora do Núcleo de Eventos Científicos do DGAA, reforça o êxito da parceria feita entre o HCFMB (através deste Núcleo) com o SAMU para este evento. “Foi uma honra para nós sediar parte deste evento, que contou com a participação de 150 profissionais vindos de diversos municípios do Estado, em que houve workshops, teleconferência com palestrante internacional, apresentação oral de 12 trabalhos científicos com premiação de 1º, 2º e 3º lugares e desenvolvimento de temas pertinentes à área. Acreditamos que eventos como este sejam de vital importância para atualização dos profissionais que atuam nesta área, pois necessitam de muito conhecimento e possuem pouco tempo para salvar vidas. Durante estes três dias, ficou muito clara a necessidade do fortalecimento de uma rede de atendimento bem estabelecida, para que o sucesso do APH seja contemplado”, finaliza.

Núcleo de Comunicação, Imprensa e Marketing HCFMB