• 24 November 2016
  • mairamasiero

As emergências são casos que precisam ser atendidos de imediato (por exemplo, o infarto do miocárdio, em que o paciente corre um grande risco de morrer a qualquer momento). Já os atendimentos de urgências são os casos que precisam ser atendidos rapidamente, pois também são casos graves em que existe o risco de morte.